11 novembro 2007

Naquele tempo... [3]

... havia um gaijo que saltava detrás de uma prateleira de supermercado para fazermos a prova de sabor planta... E ninguém o processava por assédio nem por danos psiquicos!
.

.
Se arranjar o filme, juro que o coloco aqui!

8 comentários:

josé camilo disse...

Sempre odiei (e odeio) estes anúncios do tipo reportagem em directo...nunca, mas nunca, me senti tentado a comprar um produto que apostava neste tipo de publicidade.

isabel camilo disse...

Gajo é gajo, gaijo não é nada carago.

382 U disse...

não existe o iPod? o iPhone? Gaijo, é um gajo com i grande! não lhe ia chamar iGajo, pois não?

isabel camilo disse...

A! É o chamado erro de simpatia, ó antipático.

O Gaiteiro disse...

E por falar em aprovado e comprovado, lembram-se do anúncio da Macal Minareli?? Um tipo dizia-nos com a maior certeza: "Macal Mnarelli, Provada, Aprovada, Comprovada"

Ah 80's

isabel camilo disse...

Lembro-me:
-da super cola, em que o moço ficava com os lábios colados á mão da menina;
-daquela máquina, com o "very nice"/Fernando Girão a cantar;
-e havia um anúncio em que só me lembro da parte em que uma fulana dizia "não desligues, não desligues..."

Alguém se lembra?

382 U disse...

era o fernado girão ou o paulo de carvalho (juro que não me lembro mas fiquei com a ideia de que era o do Huambo)?

isabel camilo disse...

Era o Fernando Girão de certeza absoluta.