08 abril 2008

E o prémio "posso enterrar-me só mais um bocadinho?" vai para...



O homem prejudica propositadamente alguém, afirma-o em tribunal, e ainda recebe 4000 euros por isso! Senão vejamos:
...afirmou, tendo, contudo, dado como exemplo uma situação que lhe aconteceu num Benfica-F.C.Porto em que também respeitou a decisão de um auxiliar apesar de não lhe parecer correcta.
“Um jogador do Benfica isolou-se na grande área e Vítor Baía saiu-lhe aos pés. Para mim não era grande penalidade, mas o árbitro assistente deu-me indicação [correr para perto da bandeirola de canto] e eu assinalei grande penalidade e adverti o guarda-redes”, contou Jorge Coroado. “O árbitro assistente voltou atrás, mas eu mantive a decisão de assinalar a grande penalidade. No final perguntei-lhe ele disse-me que ia em corrida e não conseguiu travar”


Estúpido (ou premeditado), não é? Eu sei que não se acredita, mas então veja com os seus próprios olhos no público on-line

7 comentários:

Ana Ferreira disse...

Sem comentários......

Daniel disse...

É o homem mais estúpido e arrogante que por aí anda... Por simples higiene mental, quando aparece na televisão mudo de canal ou retiro-lhe o pio.

m.camilo disse...

ainda mais revoltante foi ter "visto" o Trio D'Ataque de ontem...e as parvoíces "intelectuais" do "realizador", a destilar ódio e veneno por tudo quanto era conversa sobre o Porto.

Binha disse...

Vim aqui para te/vos mostrar as minha indignação!
Então não é que a "piquena" que anda para aí a escrever em folhas, agora confunde o meu Beira-Mar com o Benfica? Ai o caraças! Já anda a passar das marcas!

"No primeiro depoimento que Carolina faz à Justiça, em 2006, Augusto Duarte passa a ter visitado a casa apenas uma vez e o envelope entra na história. A ex-companheira de Pinto da Costa afirmou então desconhecer o valor que teria dentro, mas palpitando que seriam entre 2500 e 3000 euros - destinados a "comprar" um... FC Porto-Benfica. O jogo é corrigido para Beira Mar-FC Porto na segunda declaração, em que conta ter perguntado ao companheiro quanto estava no envelope e obtido a resposta "2500 euros". Por último, no terceiro depoimento, afirma ter visto o dinheiro e ouvido a conversa entre Pinto da Costa e o árbitro (que antes não escutara). Do processo constava já uma declaração da irmã, Ana Salgado, a quem Carolina teria admitido nada ter visto ou ouvido."

http://www.ojogo.pt/24-48/artigo707437.asp

382 U disse...

MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!

Ana Ferreira disse...

Vá lá Binha não fiques triste, não se pode esperar mais de uma alternadeira, ela alternou.... começam ambos com B

Binha disse...

Alternadeiras incultas!
Já nem se usa!
Teria feito melhor em escrever um livro de fricção, em vez de um de ficção.
Cada um deve falar do que sabe! Depreendo que nessa área era competente senão o Sr. Presidente não tinha andado por ali!
Esta "piquena" anda a passear-se com seguranças pagos por mim, quando eu sou todos os dias confrontada com situações de miséria!
Já mete nojo!