07 fevereiro 2008

Provas para quê? É uma artista portuguesa...



Era uma vez uma menina que mandou agredir um senhor que era vereador de uma Câmara Municipal. Essa menina "assumiu mesmo parte da responsabilidade pela autoria moral do crime". Resultado: está presa! Não. Não se percebendo bem porquê, nem que madrinha protege essa senhora, o processo foi, pasme-se, arquivado. O ministério público acha que não existem provas suficientes...
Não se acredita? verifique então aqui.

2 comentários:

m.camilo disse...

Isto é o que só pode chamar um murro na bexiga... :|

Binha disse...

A senhora que nem categoria para madame tem, foi só o veio de transmissão.