17 janeiro 2008

fome? deve ser africano, não?

A Europa não é um a lua de Jupiter? Então não percebo de que se riem. É por eu ser loira, gira e boa?
Invejosos! Ainda vos vou dar lições de geografia num daqueles programas de cusquices, tipo Jornal Nacional da TVI! Tomem e embrulhem!

L'Europe est un pays via Koreus

12 comentários:

Binha disse...

Bem vindos à realidade!

m.camilo disse...

Já alguma vez sentiram vergonha por alguém?
Sensação esquisita, esta.

Patricia Lousinha disse...

Já.
É aquilo a que chamo de vergonha alheia!

m.camilo disse...

O que mais me impressiona e incomóda é o facto da moça, da mesma forma que, nitidamente, sabe tirar partido da sua sensualidade, assumir paralelamente a sua fragilidade de conhecimento atirando olhares desconfiados sobre todos aqueles que poderão coloca-la de rastos perante uma audiência. O riso nervoso sem nunca perder uma postura adquirida superficialmente e um não sei quê de "femme fatale" que lhe fica a matar - aquele vestido, aqueles sapatos, aquele andar....meu Deus. É o estereótipo da contradição.
Pior é que, como ela, há milhares, senão milhões, de americanos/as que não imaginam, nem querem sequer saber, que existe mais alguma coisa para além dos dois oceanos que os limitam. Logo num país de Steve's Jobs e Bill Gates, de conquistadores perdedores e descobridores ganhadores de luas e espaços...enfim.
Eu, que tenho pavor do desconhecimento, sei que nunca perderei uma oportunidade de perguntar a quem julgo que sabe aquilo que não sei. E na obtenção de respostas às minhas dúvidas se, por acaso, desconfiar que é capaz de não ser bem assim continuarei a perguntar/pesquisar até ter a certeza que passei a saber.
Pior do que tudo isto é ter a certeza absoluta que o/a próximo/a que os irá governar vai continuar a fazer tudo para que o povo continue na mesma. Bastará estender-lhes o já gasto tapete de frivolidades seja ele azul ou vermelho com ou sem estrelas.

Binha disse...

Alguém lhe devia mostrar que não vai ser "gira" a vida toda.

382 U disse...

Mas provavelmente vai aproveitar enquanto pode...
Pode ser que quando tiver que começar a fazer plásticas já esteja casada (neste caso não é ajuntada pq pode ser + facilmente descartada) com um qq gajo do petróleo.
Ou então pode vender a sua imagem (eu estive num programa de televisão) como um filme, do qual não me lembro o nome, extraordinário que vi à uns anos...

filipe m. disse...

Perfeito exemplo de "the lights are on but there's nobody home".

r. disse...

-I'm listening what you're saying but i only hear what i want to.
-that's just called being a woman!

LOL, gorgeous...

a legitima disse...

"Eu, que tenho pavor do desconhecimento, sei que nunca perderei uma oportunidade de perguntar a quem julgo que sabe aquilo que não sei.", ...

... como por exemplo a forma mais prática de se fazerem tostas mistas sem vírus?

m.camilo disse...

Olha! Aí está um bom exemplo ;)

Binha disse...

"-I'm listening what you're saying but i only hear what i want to."

Em português:
-Um de cada vez!

a invejosa por não ser loura e gira como ela disse...

Não sei se já fazem plásticas ao cérebro.
Era a única que a safava.