24 janeiro 2008

Allor, Madame et Messieu...

Uma canção de 73, no tempo em que o Benfica ainda era regularmente campeão, que decorei pelos sons das palavras e não pelas palavras propriamente ditas. "Entram gizos, chocas e capotes..." com 6 anos nem imaginava o que a maioria das palavras queria dizer. Um divertidíssimo poema de Ary dos Santos que pode encontrar aqui
Et allor, Madame et Messieu, pour la chanson du Portugal diz point...
(favor usar pronúncia francesa de um ex-presidente da república)

5 comentários:

m.camilo disse...

je suis contant detre issi avec mes amis...



ma notre dame...!!!

m.camilo disse...

"...no tempo em que o Benfica ainda era regularmente campeão..."

Desculpe, faxavor...: ...no tempo em que faziam com que o Benfica fosse regularmente campeão...
Assim é que está correcto, ou pensas que tenho memória curta?

alcoólica anónima disse...

Sim senhor!
Ele é brasilêro, ele é franciu…
Ao menos aprende-se qq coisa, com este blogue (já pra não falar em sexo, claro!)

gc disse...

"Desculpe, faxavor...: ...no tempo em que faziam com que o Benfica fosse regularmente campeão...
Assim é que está correcto, ou pensas que tenho memória curta?"Concordo com o Camilo.
Mas deixa-me dizer que "nostalgia" é um eufenismo... este blog é para quem anda de pantufas. Eu cá por mim vou polir as botas e marchar para outras paradas.

O Gaiteiro disse...

E depois.... o Adeus